quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Sempre teremos Paris

AO MEU AMOR

Aconteceu a 21 anos atrás . . .
Eram dias difíceis . . .

Logo após a morte de meu pai , nossas filhas com apenas 4 meses, uma avalanche de problemas , com pouca idade e a inexperiência como nossos inimigos . . . Tudo aconteceu . . .

A tarde seguia com sol , mas os ânimos estavam exaltados . . .
Enfurecido caminhei rápido em sua direção e disse-lhe : “ Isto esta errado de novo ! Não é possível ! “

Quase que no mesmo ato a retirei de sua mesa e a arrastei à sala de reunião . . .

Lá dentro de portas fechadas esbravejava . . .

Depois de alguns minutos de uma discussão irracional gritei : “Assim não dá ! Afinal o que você quer da sua vida ! “

E já em prantos ela me respondeu : “ Como assim o que eu quero... Eu quero o que você quer ...meus sonhos são os seus sonhos ... minha vida é a sua vida ...”

E então em um momento de lucidez percebi o quão idiota havia sido . . .

Em um momento apenas , ela conseguiu colocar em palavras a imensidão do seu amor . . .

Naquele dia prometi a mim mesmo que nunca mais a trataria daquela forma . . . creio que consegui .

Muitos anos se passaram e eu nunca lhe contei isso . . . apenas guardei comigo todos esses anos . . .

Estava planejando uma grande festa de 25 anos para dizer a todos o quanto você me ama . . .

Não poderei lhe dar a festa, mas todos saberão esta historia .

Tudo bem meu amor , ainda teremos Paris só para nós .

Te amarei para sempre
Henrique



2 comentários:

Patthy Bondgirlpatthy disse...

Q lindo! Adorei Sil. Q vc e seu amor sejam felizes eternamente, seja em Paris ou em qquer Galáxia. Bjs

De tudo um pouquinho disse...

Chorei! ;(