terça-feira, 31 de maio de 2011

Sobre vinhos

Hoje, lendo este artigo aqui , comecei a rir sozinha.

Conheço pelo menos uma dúzia de pessoas que se auto proclamam entendidos em vinhos e que certamente são tão enganados como os entendidos da pesquisa em questão.

Digo isso porque já tive a experiência de provar vinhos que, nos restaurantes brasileiros são vendidos por até
R$ 1.000,00 a garrafa e que comprei por 15 (QUINZE) euros em um mercadinho fuleiro na Europa.

Achei tão irônico meus amigos se deleitarem com vinhos caríssimos aqui que o pessoal na França, na Espanha e na Itália usa para temperar carne.

Sou péssima para essa coisa de provar e apreciar vinho. Vinho bom para mim tem que ser adocicado e pouco ácido. Nada dessa história de amadeirado e tal. Meu paladar é pobre.

Mas reconheço que algumas marcas são melhores do que outras, mesmo os mais secos e menos doces.

E sei que um Chateneuf ou um Riscal são vinhos bons de verdade. A diferença é que não custam tudo isso que os comerciantes brasileiros querem fazer parecer. Lá, na terra deles, são vinhos nacionais, baratos, nada de especial.

É claro que existem os vinhos mais caros por lá também e a questão não é essa. O que realmente me incomoda são os supostos entendidos de vinhos torcerem o nariz para quem quer apenas apreciar um vinho gostoso sem se preocupar com cor, aroma, safra e, principalmente, preço.

Seria bom, muito bom se cada um aprendesse mesmo é a respeitar o gosto dos outros.

Eu respeito. E continuo gostando de vinho doce.

Um comentário:

Filhote de Lua disse...

As pessoas adoram esquecer que o que manda no vinho é que ele dê prazer.

E isso envolve um monte de fatores, que muita gente que quer ser entendido esquece.

Outro dia ouvi chamarem um vinho que eu gosto bastante de "vulgar". Vulgar é julgar alguma coisa pelo preço ou pela popularidade, isso sim.

Sabia que um dos melhores vinhos do mundo por um desses guias de vinhos bam-bambans é um vinho de mesa do interior da Itália, super simples e barato na região em que é produzido?

Adorei seu texto.