quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Sobre resoluções e balanço mensal

Minha resolução de ano novo foi, como já havia dito neste post , relacionada à minha saúde.

Nunca fiz regime para "alimentar" meu ego ou minha vaidade. Todas as vezes que precisei me privar das minhas toneladas de doces foi por causa da saúde.

E este ano, decidi, junto com meu marido, tomar conta de minha saúde que foi muito negligenciada nos últimos tempos.

E essa foi minha resolução de ano novo : emagrecer e cuidar dos meus problemas de saúde - hérnia de disco cervical, artrose e rompimento de ligamentos do ombro esquerdo - aproveitando para dar um jeitinho em alguns detalhes estéticos aqui e ali.

E foi com essa intenção, firme e forte que começamos janeiro de 2011.

E o mês passou voando, graças a Deus porque depois de tanta comida nas férias, foi uma tortura entrar no regime controladinho da nutricionista.

Pior é que não podíamos nem mesmo trapacear o regime porque a nutricionista em questão mora na minha casa.

Pãozinho integral, arroz integral, farinha integral...porque o leite não pode ser integral também? Ok,ok foi só um pensamento em voz alta...como assim "abacate não pode"?!?!? É fruta!!

Mas é aniversário...só um pedacinho...isso não é um pedacinho, é o farelo do bolo que fica na bandeja...não,não...dá esse prato aqui, eu como assim mesmo...

E foi assim que janeiro terminou com o saldo de 2 quilos a menos para mim e 4 para o marido.

Mas sem comemorações efusivas porque ainda temos um longo caminho pela frente.

Quanto à fisioterapia, comecei o pilates e estou me sentindo uma verdadeira atleta. As dores estão se despedindo mais rapidamente do que meus quilinhos a mais e isso me deixou muito animada.

Com o Pilates, descobri um exercício que não me irrita profundamente nem me deprime. Porque não existe nada mais deprimente do que academia de ginástica lotada de gente que poderia estar na Ofner se enchendo de doces e fica lá, esfregando o corpo sarado na cara dos menos afortunados.

Janeiro nos deu um susto. Vovó quebrou a bacia aos 88 anos e ainda está hospitalizada. a cirurgia foi bem mas os probleminhas de um idoso em um hospital apareceram e ela está intercalando entre o quarto e a UTI há alguns dias, deixando toda família preocupada.

Mas janeiro também trouxe coisas boas. Eu e o marido comemoramos 23 anos de casados, ajustamos algumas arestas que estavam incomodando a ambos e estamos mais unidos e felizes do que nunca para alegria daqueles que nos amam e desespero de alguns que ainda acreditam que desejar mal aos outros leva a algum lugar.

E janeiro chegou e se foi.

Primeiro mês.

Um comentário:

Lisa Sukys Starbuck disse...

Parabéns por um mês bem vivido e vitorioso!

Sucesso nas resoluções para 2011!!

E que sua avozinha esteja amparada pelas boas vibrações.

Bjs

Lisa