quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Meu show preferido em 2010

Este foi um ano maravilhoso em termos de shows. Muita gente boa veio para cá, dando a oportunidade dos fãs realizarem seus sonhos de chegar pertinho de seus ídolos e escutar ao vivo suas músicas.

Eu sou fã dos Beatles, do Ozzy, de Heavy Metal, de Rock, de clássicos, de Elvis (que obviamente nunca se apresentará no Brasil) e de mais uma imensa quantidade de estilos musicais.

Mas, o meu show preferido em 2010 foi de uma banda brasileira e este show marcou tanto a mim quanto a meu marido pois foi um sonho que realizamos depois de várias tentativas frustradas.

Nos idos de 1983, quando começamos a namorar, Roupa Nova tocava em todas as rádios e nós passávamos a tarde de sábado escutando suas músicas enquanto passeávamos pela cidade (sem trânsito, sem lombadas eletrônicas...aquilo era felicidade).

Apesar de sermos fãs do grupo, cada vez que teantávamos, algo nos impedia de ir a um show deles. Bobeiras como aniversário de avó, casamento de primo que gerariam muitas confusão em família se trocássemos pelo show.

E assim foi. Até este ano quando conseguimos finalmente comprar os ingressos para uma apresentação no Credicard Hall.

O que nós não sabíamos é que havíamos comprados ingressos para o dia da gravação do DVD comemorativo dos 30 anos de carreira do grupo. Descobrimos quando entramos no Credicard e vimos os banners e avisos. Eu mal continha minha empolgação e alegria, liguei para metade da família (a outra metade já estava dormindo) para contar sobre a minha sorte.

E o show foi tudo o que eu esperava a muito mais.

Começou com a "nossa" música, Sapato Velho e daí até o fim, eu não parei de cantar. Chorei e aplaudi, cantei e gritei e descobri que é muito bom quando um grupo sobe ao palco e você consegue acompanhar algumas das músicas que eles cantam.

Mas, conseguir cantar com eles cada música apresentada sem exceção é demais! Foi  emocionante fazer parte de algo assim, onde todo mundo canta, vibra e curte cada momento junto, você sai de lá renovado, de alma lavada mesmo.

Eu entendo a paixão que alguns fãs tem e que os leva a ficar horas nas filas para comprar ingressos, para entrar no show. Escutar suas músicas preferidas ao vivo é algo que não se pode explicar.Todos os que tiveram esta oportunidade este ano, não importa em que show foi, podem se consedirar pessoas de sorte.

Um comentário:

Larissa Bohnenberger disse...

Eles sabem fazer show, né? Adoro Roupa Nova!