sábado, 22 de junho de 2013

Um livro por dia - #22 - História de Bichano e Corça Branca


História de Bichano e Corça Branca

Eu nunca descobri o autor deste conto de fadas. Ele faz parte de uma coleção de histórias que minha mãe comprou quando éramos crianças e que eu devorei da primeira à última página cada um dos volumes.





Eu amei cada uma das histórias - apaixonada que era pelos contos de fadas -  mas este conto em especial, praticamente desconhecido perto de Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve, O Gato de Botas e A Bela Adormecida, foi um marco para mim.

Sua história não é muito diferente dos contos tradicionais, exortando o leitor a perseverar na gentileza e bondade e a confiar que o bem sempre é capaz de vencer o mal.

Mas, a lembrança da voz de uma professora de quarta série, lendo para seus alunos durante as tardes quentes passadas em uma sala de aula de uma pequena escola em Goiânia, nos idos de 76/77, nunca vai deixar de ser para mim, uma das mais gostosas de minha infância.

E a História de Bichano e Corça Branca é hoje, um símbolo e uma lembrança viva de que eu tive uma infância muito feliz.

"- Lourinha, minha filha, - disse-lhe a mãe - não perca, nunca, a fé e continue sendo sempre boazinha e amando seus semelhantes. Embora a vida lhe apresente, por vezes, algum contratempo, não desanime."



Nota - a série de posts Um livro por dia não tem a intenção de publicar críticas ou resenhas úteis ou mesmo interessantes. São sentimentos e sensações que aconteceram durante a leitura dos livros e que se transformaram em palavras. Se não fizerem sentido nenhum, por favor, não tente fazer com que tenham.

4 comentários:

Maria Paula Sponchiado disse...

Meus pais tb tinham esta coleção e a historia do "bichano e a corsa branca" era a que eu mais gostava. Li e reli muitas vezes!

lia disse...

Minha mãe também lia pra mim, mas por fim ela deu os livros até hj penso em ver se consigo outros.

Anônimo disse...

Que saudades q tenho desse livro!!! Foi o primeiro q li! Gostaria de obter um exemplar novamente!

Cristina Zecchinelli disse...

Olá! Também tive essa coleção. Ando à procura de alguém que a tenha e scaneie para compartilhar com as novas gerações.
Você por acaso sabe se há entre as histórias uma chamada " A menina e o serelepe"?
Obrigada pela imagem e pela maravilhosa lembrança!
Um abraço , Cristina Zecchielli